PI: Menina foi estuprada antes de morrer, diz laudo

No IML de Parnaíba foram coletados dados que confirmaram que de fato a criança foi vítima de estupro

A Polícia Civil do município de Luís Correia abriu um inquérito para investigar o caso da menina que morreu de pneumonia e que havia suspeita de estupro. A criança, de sete anos de idade, que morava no bairro Beira Mar, Luís Correia, morreu no dia 25 de novembro na UTI do HEDA. Os médicos tinham suspeita de que a menina havia sido estuprada.

No IML de Parnaíba foram coletados dados que confirmaram que de fato a criança foi vítima de estupro. De posse do laudo, o delegado de Polícia Civil Eduardo Ferreira, titular da Delegacia de Luís Correia, iniciou as investigações.

Ele declarou que o fato será investigado em sua extensão e que serão investigados, durante a investigação, amigos, familiares vizinhos e a família.

Neste primeiro momento, a polícia trabalha com um número grande de suspeitos; mas o delegado garantiu que através das informações o autor do crime será identificado. A família da menina está evitando contato com a imprensa. Quanto à possibilidade de um familiar ser o autor do estupro, o delegado informou que todas as pessoas próximas serão ouvidas.

Fonte: Proparnaiba