Laudo pode provocar reviravolta no caso dos irmãos mortos por médica

Peritos concluíram que imagens não mostram o momento exato da batida

O caso da médica acusada de provocar o acidente que matou dois irmãos, em Salvador, pode ter uma reviravolta. Na noite de quarta-feira (27), foi anexado nos autos do processo um laudo da perícia que analisou as imagens do sistema de segurança que filmou o acidente.

O laudo concluiu que as imagens não mostram o momento exato da batida. Devido às árvores e os carros que passavam, não está nítido se houve a colisão entre o carro guiado pela médica Kátia Vargas Leal Pereira, 45 anos, e a motocicleta em que estavam Emanuel e Emanuele Gomes, 21 e 23. Outro laudo feito pela Polícia Civil mostrou que o impacto causado na motocicleta é típico de um ponto fixo.

Com o resultado do laudo, o advogado de defesa, Sérgio Habib, disse que o Ministério Público se precipitou em denunciar sua cliente sem os laudos periciais e está confiante que vai conseguir que a médica responda em liberdade.

Na próxima sexta-feira (29), oito testemunhas devem ser ouvidas novamente.

O acidente ocorre no dia 11 de outubro, no bairro de Ondina.

Fonte: R7, www.r7.com