Laudos apontam que assassino de bebê estuprou mulheres em série

Sérgio Luiz de Souza, de 34 anos, foi apresentado na delegacia de Ibirité, na Grande BH.


Laudos apontam que assassino de bebê estuprou mulheres

Preso pelo homicídio de um homem e de um bebê de apenas três meses, um homem teve a participação em uma série de estupros confirmada, segundo a Polícia Civil. Nesta quinta-feira (3), Sérgio Luiz de Souza, de 34 anos, foi apresentado na delegacia de Ibirité, na Grande BH.

A delegada Geany Kelly da Silva Caldeira explica que 10 estupros sem solução desafiavam a polícia em Ibirité e Igarapé há dois anos. Quando Sérgio de Souza ameaçou e estuprou a própria companheira, em junho de 2012, ele foi detido e teve material genético colhido. Ao entregar os laudos, o laboratório apontou a coincidência.

? Foram dois crimes cometidos nos bairros vizinhos Canaã e Jardim do Rosário, onde ele também mora, em 2012, e um em Igarapé, que foram confirmados pelos laudos. Outros seis estão sob investigação. As vítimas têm entre 35 e 60 anos, ele as levava para dentro do carro e ia até um matagal. Uma das vítimas era avô, e outra teve o rosto desfigurado, quase morreu. Uma outra era vizinha de rua dele.

Apesar de atacar mulheres que moravam no mesmo bairro, as denúncias ainda não tinham levado a polícia a chegar até o suspeito.

Os homicídios, em 2012, foram cometidos para "vingar" o homem que furtou o sítio do pai de Sérgio Luiz.

? Ele atirou no homem e jogou o sobrinho dele, de apenas três meses, em um rio. A mulher da vítima também foi baleada na cabeça, mas sobreviveu.

Segundo a delegada, Sérgio Luiz se recusa a falar sobre os estupros e chorou muito durante a apresentação.

? Sobre as mortes ele conversa. Quando apontamos os laudos que confirmavam os estupros, disse que só fala na presença do advogado.

Fonte: r7