Lavrador é preso por matar esposa há 17 anos em Esperantina

O lavrador chegou a cumprir três anos de prisão.

O lavrador José Oliveira da Silva, conhecido como ‘Zé Delino’, foi condenado a 27 anos de reclusão pelo assassinato da sua esposa, Maria Áurea Pereira dos Santos, ocorrida há 17 anos. José estava foragido desde o seu julgamento,  foi preso e transferido para a Penitenciaria Regional Luis Gonzaga Rebelo de Esperantina, nesta quinta-feira.

EntendImage titlea o caso

O crime aconteceu precisamente no dia 09 de fevereiro do ano de 1998, na localidade Cocal das Montanhas, zona rural de Esperantina.

De acordo com relato de testemunhas que participaram do julgamento do lavrador no dia 25 de março passado, o mesmo teria acertado um tapa no rosto de sua esposa e em seguida a mesma, teria caído dentro do Riacho intitulado de Angico Branco e posteriormente se afogado.

Lembrando que o lavrador chegou a cumprir três anos de prisão em regime fechado logo depois do assassinato de sua esposa e depois foi colocado em liberdade condicional.

Segundo o Delegado da 13ª Delegacia de Policia Civil da cidade de Esperantina, Igor da Rocha Gadelha, o lavrador foi preso na última terça-feira (11/08), na zona rural do município de Altos, onde havia fixado residência desde o dia do seu julgamento.

Igor Gadelha, explicou que o lavrador foi preso através de uma ordem judicial e que ao chegar em Esperantina o mesmo passou por exame de corpo de delito e posteriormente foi transferido para a Penitenciaria Regional Luis Gonzaga Rebelo. O Delegado informou ainda que o lavrador já havia cumprido no passado três anos de reclusão pelo assassinato de sua esposa, ocorrido a exatamente  17 anos atrás.

Image title


Fonte: Com informações do Jornalesp