Lindemberg Alves vai a júri popular em SP

Lindemberg Alves está preso pela morte da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel

A 16ª Câmara de Direito Criminal de São Paulo negou, por unanimidade, na terça-feira, o recurso da defesa do motoboy Lindemberg Fernandes Alves, 22 anos, contra a decisão da Justiça de Santo André de submetê-lo a júri popular.

Lindemberg Alves está preso pela morte da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, 15 anos, em Santo André, após um sequestro com mais de 100 horas de duração ocorrido no dia 13 de outubro de 2008.

Eloá morreu no dia 17 de outubro, após ser baleada durante o desfecho do sequestro. Integrantes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar alegam que invadiram o apartamento onde a estudante era mantida refém, juntamente com a colega Nayara Rodrigues, à época com 15 anos, após terem ouvido um tiro.

Fonte: Terra, www.terra.com.br