Lobista que atuava no Piauí, Pernambuco e exterior é preso pela PF

Operação investiga organização criminosa que atuava na Hemobrás.

Deflagrada na manhã desta quarta-feira (09/12) pela Polícia Federal em Pernambuco, a Operação Pulso resultou na prisão de empresários com atuação na empresa  Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia – Hemobrás. Um lobista com atuação em Pernambuco, Piauí e exterior também foi capturado.

Image title

Estão sendo cumpridos nos Estados de Pernambuco, Piauí, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo cerca de 28 mandados de busca e apreensão, sendo 29 oitivas mediante intimação e dois mandados de prisão temporária contra empresários que atuam na empresa. Além disso, serão afastados 3 integrantes da Hemobrás, sendo 2  membros da Diretoria.

Uma situação um tanto inusitada aconteceu quando os policiais chegavam a um dos prédios investigados: maços de dinheiro foram arremessados pelas janelas. A  Polícia Federal, no entanto, não informou o valor da quantia e nem soube dizer se o dinheiro tem relação com a operação.

Os investigados são acusados de lavagem de dinheiro, fraude em licitações, corrupção passiva, peculato, evasão de divisas, e formação de organização criminosa. A Operação Pulso com objetivo de reprimir a atuação de uma organização criminosa especializada em direcionar licitações e desviar recursos públicos da da Hemobras. 

Image title


Fonte: NE10