Local mantido pela Sasc é usado como ponto de drogas por viciados

Além da falta de segurança, o CSU está vulnerável porque fica próximo ao mercado e à praça.

O local que deveria ser utilizado para promover atividades comunitárias dá lugar a outras práticas nada sociais. Estamos falando do Centro Social Urbano, mantido pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania. O local, que fica situado no Parque Piauí, bairro da Zona Sul de Teresina, agora serve como ponto de uso e venda de drogas.

Aos fundos do CSU existe uma construção inacabada, onde são encontradas latas de refrigerante cortadas ao meio - usadas para fumar o crack - fezes humanas e roupas jogadas, dando sinal de que o lugar é utilizado constantemente por pessoas em estado degradante.

Segundo Maria Alice de Oliveira, o local é utilizado por usuários de drogas à noite. Como só tem os vigias que trabalham desarmados, não há muito o que se possa fazer quando os dependentes químicos pulam o muro e entram no local. ?Antestinha policiais aqui, mas agora só ficam os vigiais e eles têm medo?, afirma Alice.

Além da falta de segurança, o CSU está vulnerável porque fica próximo ao mercado e à praça, onde também existem pontos de uso de drogas. A situação é perigosa por causa das crianças que participam de atividades promovidas no Centro, ficando expostas à ação de traficantes, inclusive durante o dia.

Mais de 500 pessoas são beneficiadas com atividades como futebol, capoeira, judô, caratê, jiu jitsu e reforço escolar, promovidas no Centro Social Urbano. Contudo, a falta de controle em relação aos usuários de drogas que frequentam o local preocupa os professores. ?Os grupos que desenvolvem atividades aqui não sabem mais o que fazer?, afirma Maria Alice.

Fonte: Nayara Felizardo