Love é visto em baile funk com traficantes

Love é visto em baile funk com traficantes

Ele aparece em uma das ruas da favela cercado por seguranças armados.

A festa em uma quadra na parte alta da favela da Rocinha invade a madrugada. Mais de mil pessoas se divertem ao som dos mais variados ritmos.

No meio da multidão, traficantes desfilam com suas armas, dentro e fora da quadra, que fica em uma das principais ruas da Rocinha.

Os bandidos circulam livremente e aparentam tranquilidade. Exibem fuzis de vários calibres. Um deles, dourado.

As imagens foram feitas com uma câmera escondida. Numa das noites, no mês passado, o carro importado preto chega ao baile famoso na favela.

Quem está ao volante é o atacante Vagner Love, artilheiro do Flamengo no Campeonato Carioca.

Na entrada do baile, um traficante armado com um fuzil segue na frente, fazendo a escolta do jogador. Um outro bandido, também armado, vem logo atrás e o acompanha até a quadra.

A festa aconteceu no último dia 27 de fevereiro. Naquele dia o Flamengo venceu o Macaé por 4X1, em Volta Redonda, com dois gols de Love. O atacante confirmou que foi ao baile da Rocinha comemorar a vitória.

?Eu sempre frequentei, sempre fui e não vejo problema nenhum isso. Eu costumo ir a alguns lugares, tenho alguns trabalhos sociais em alguns lugares desses e por isso eu frequento, tenho afilhado, tenho amigo então nunca vou deixar de frequentar a minhas origens, minhas raízes?, diz o jogador.

Nós mostramos as imagens da festa ao subchefe da Policia Civil do Rio. Uma arma chamou a atenção: é um AT-4, uma arma de fabricação sueca usada pelo exército americano nas guerras do Iraque e do Afeganistão.

?Essa é essencialmente uma arma que nós classificamos, definimos, como uma arma anticarro. Não é um armamento antipessoal, ela é usada pra ser aplicada contra veículos. Ela tem um alcance útil de 300 metros, esse é o alcance dessa arma?, diz Carlos Oliveira, sub-chefe operacional da Policia Civil do Rio.

Segundo a polícia, quem comanda o tráfico de drogas e de armas na Rocinha é o bandido Antônio Bonfim Lopes, o Nem. Esta semana policiais foram mais uma vez até a favela para tentar prender o traficante. Mas ele conseguiu escapar. Veja uma imagem do criminoso feita poucos dias antes da operação.

Ele aparece em uma das ruas da favela cercado por seguranças armados.

Em um outro ponto da comunidade foram registradas imagens do traficante Marcelo Alves de Britto, que circula pela Rocinha com uma camisa falsa da Polícia Federal. Ele e outros seis bandidos foram mortos na operação desta semana.

Segundo a polícia, Marcelo é um dos bandidos que aparecem fazendo a escolta de Vagner Love na chegada ao baile.

Repórter: Você chegou a ver naquele dia homens armados?

Love: Isso aí é normal, qualquer favela que você for hoje no Rio de Janeiro você vai ver isso.

O jogador também não vê problema em participar de festas ao lado de alguns dos traficantes mais perigosos do Rio de Janeiro.

?Eu vi muito isso quando era mais jovem, convivi com isso. Já perdi amigos na criminalidade, mas nunca me envolvi, nunca usei drogas, vou para me divertir, porque eu gosto?, diz ele.

A Secretaria de Segurança do Rio afirma que as imagens vão ajudar na identificação dos bandidos.

?Parece que intenção deles é mostrar a vaidade e mostrar que a arma demonstra algum poder, demonstra poder, apresenta algum poder pra eles. Mas na verdade são criminosos que apresentam mais uma prova pra polícia dos crimes que eles praticam?, conclui o delegado.

Fonte: Globo, www.globo.com