Madonna contrata 400 seguranças depois de receber ameaças de morte

Fanáticos dos Balcãs teriam tentado impedir show da cantora na Sérvia

 Madonna teria recebido ameaças de morte de um grupo de fanáticos dos Balcãs, informou o "Daily Star". De acordo com informações da publicação, a cantora teria decidido se proteger contratando cerca de 400 seguranças particulares. As ameaças teriam acontecido como forma de impedir Madonna de se apresentar com a turnê "Sticky & Sweet", em Belgrado, na Sérvia, na noite de segunda-feira (24).

Mesmo com os protestos, a cantora fez um show para cerca de 30 mil pessoas, como planejado. Segundo o jornal, Madonna teria ficado apavorada com as ameaças e resolvido seguir com a "tropa" de seguranças para a Romênia, onde se apresenta nesta noite, em Bucareste. A representante da cantora, Liz Rosenberg, não quis comentar o ocorrido. Na terça-feira (25), uma igreja da Bulgária divulgou um comunicado em que desaprova o concerto e acusa a popstar de "ter uma atitude desrespeitosa e intolerante em relação aos símbolos sagrados" durante a turnê. Em função disso, pessoas ligadas à igreja ortodoxa querem boicotar um show da cantora no país, no sábado (25).

Fonte: Quem, revistaquem.globo.com