Mãe de 35 anos é acusada de colocar recém-nascida em freezer em Santa Catarina

Mãe de 35 anos é acusada de colocar recém-nascida em freezer em Santa Catarina

A identidade da mulher foi mantida em sigilo, e ela permanece em liberdade

Uma criança recém-nascida foi encontrada morta dentro de um freezer, em uma comunidade de Sombrio, cidade localizada a cerca de 180 quilômetros ao sul de Florianópolis. A acusada pelo crime seria a mãe do bebê, uma mulher de 35 anos, que confessou o ocorrido a policia. Segundo as investigações, o caso teria acontecido no último final de semana.

Segundo a coletiva realizada pelo delegado Luiz Otávio Pohlmann, o caso começou a ser investigado - sob total sigilo por parte da polícia - depois que a mulher chegou a um hospital da região apresentando quadro de hemorragia, ainda no final de semana. Apesar da suspeita dos médicos, a mulher negou por três dias que tivesse realizado um parto.

Buscas chegaram a ser realizadas mas o corpo do bebê foi localizado apenas na quarta-feira, no interior do freezer. A identidade da mulher foi mantida em sigilo, e ela permanece em liberdade. Ela confessou ter congelado a filha ainda viva, logo após dar a luz.

De acordo com o delegado Pohlmann, um laudo realizado por peritos irá apurar se se a mãe estaria diante do estado puerperal que para a legislação, é uma situação de semi-imputabilidade. Nesse caso, ela pode responder por infanticídio e ocultação de cadáver.

Fonte: Terra