Mãe de Eloá diz que perdoa Lindemberg, mas quer justiça pela morte da jovem de 15 anos

A mãe da jovem Eloá saiu em defesa dos policiais do Gate em seguida

Ana Cristina Pimentel, a m?e de Elo? Cristina Pimentel, de 15 anos, fez um curto pronunciamento durante uma homenagem de amigos durante o vel?rio da adolescente no final da noite desta segunda-feira (20) no Cemit?rio Jardim Santo Andr?, em Santo Andr?, no ABC. Em sua fala, a m?e afirmou que perdoa o ex-namorado de Elo?, Lindemberg Alves, de 22 anos, e que o Grupo de A?es T?ticas Especiais (Gate) do Batalh?o de Choque da Pol?cia Militar n?o teve culpa no tr?gico desfecho no epis?dio em que sua filha permaneceu em c?rcere privado por cerca de 100 horas.

"Eu consigo perdoar o Lindemberg. Ele era um garoto agressivo e possessivo. Espero que a justi?a seja feita", ressaltou. Em seguida, a m?e de Elo? fez um agradecimento pelo apoio que vem recebendo. "Quero agradecer ? popula??o, que est? prestando esta homenagem a Elo? e pela solidariedade. E agradecer aos jornalistas tamb?m", disse.

Ana Cristina saiu em defesa dos policiais do Gate em seguida. "E quero dizer que o Gate n?o teve culpa de nada." Antes de finalizar, comentou sobre a perda da filha. "Isso aqui ? s? carne. Ela est? feliz em um lugar muito melhor", encerrou, apontando para o corpo da filha no caix?o e sendo aplaudida pelos jovens presentes. Ela deixou o vel?rio por volta das 23h35 desta segunda e deve retornar ao local pela manh? para acompanhar o sepultamento.

Fonte: g1, www.g1.com.br