Mãe de Isabella processa autor de livro que inocenta casal Nardoni

O volume, de autoria de um médico gaúcho e impresso por uma gráfica de Santa Maria

A mãe de Isabella Nardoni, Ana Carolina Oliveira, entrou com um processo que pede indenização por danos morais para tirar de circulação o livro "Isabella". A advogada da família informou ter entrado na terça-feira com a ação indenizatória no Fórum Regional de Santana, na zona norte de São Paulo.

O volume, de autoria de um médico gaúcho e impresso por uma gráfica de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, rebate a versão de assassinato defendida pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de São Paulo, e absolve o casal Nardoni ao levantar a hipótese de acidente doméstico. A publicação foi em junho deste ano.

Entre os argumentos da ação, está o de que a foto que estampa a primeira edição do livro não teve uso autorizado pela família.

Relembre o caso

Isabella Nardoni foi encontrada ferida no dia 29 de março no jardim do prédio onde moram o pai e a madrasta, na zona norte de São Paulo. Segundo os Bombeiros, a menina chegou a ser socorrida e levada ao Pronto-Socorro da Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta da 0h.

O inquérito policial apontou que ela foi agredida, asfixiada e jogada do sexto andar do edifício. Os supostos responsáveis irão a júri popular no começo de 2010.

Fonte: Terra, www.terra.com.br