Mãe afirma que filho foi morto a mando da ex em THE

Mãe afirma que filho foi morto a mando da ex em THE

A mãe da vítima acredita que o assassinato do filho já havia sido planejado com antecedência.

A vítima foi executada com cinco tiros na Zona Norte da capital e o corpo ainda permanece no Instituto de Medicina Legal (IML). E a família já está providenciado a liberação. Quem esteve no IML foi a mãe de Manoel Ribeiro de Sousa, de 40 anos, a senhora Cruz Maria. Num primeiro momento as informações davam conta de que ele teria reagido a um assalto, mas a família não acredita nessa hipótese e acha que ele teria sido assassinado a mando de alguém.

?Eu acredito que ele foi assassinado a mando dela, da Íris, a ex-companheira dele. Ela tinha mandado ele ir embora porque ele tinha bebido duas cervejas de litro lá na Avenida Centenário e ela não gostava que ele bebia. Ela só queria ele para trabalhar, para dar dinheiro pra ela. Ele não ficava com nada porque ela pedia dinheiro pra ele direto?, conta a mãe da vítima.

A senhora conta ainda o que aconteceu no dia que seu filho foi assassinado. ?Ele estava deitado na minha cama aí recebeu um telefonema e perguntei, o que ele tinha e ele disse que nada, que tava só dormindo. Tocou o celular, ele levantou, sai pra porta da rua, sentou lá. Tornou a tocar o celular aí eu falei que ia na casa da vizinha e quando tava saindo ele pegou a bicicleta do meu vizinho e saiu no mesmo rumo que eu ia. Ainda fiquei olhando pro meu filho quando ele dobrou. Quando eu cheguei em casa um rapaz chega nas carreiras montado na bicicleta que ele tinha levado e dizendo que tinham executado ele com cinco tiros a queima roupas?, conta.

A mãe da vítima fala que também acredita que estava tudo planejado. ?Ela ameaçava ele, batia nele e ele não fazia nada. Acho que ele tinha medo da Maria da Penha, meu filho era muito homem. Está a vizinhança toda de prova?, denuncia dona Cruz Maria.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA COM JUVENAL RIBEIRO NO VÍDEO ABAIXO:

Fonte: Marcilany Rodrigues