Mãe descobre estupro de filha após diagnóstico de DST

O principal suspeito é o padrasto da criança, um homem de 44 anos.

Uma mulher de 40 anos descobriu que a filha de 6 anos foi estuprada, após ela ser diagnosticada com uma doença sexualmente transmissível (DST), em Corumbá (MS). Na terça-feira, ela registrou queixa na 1ª Delegacia de Polícia da cidade. O principal suspeito é o padrasto da criança, um homem de 44 anos.

De acordo com a Polícia Civil, o abuso ocorreu na casa onde a família mora, no bairro Maria Leite, no dia 23 de junho. A mulher levou a filha em um posto médico, onde lá ela foi diagnosticada com uma doença semelhante a herpes genital.

O Conselho Tutelar foi chamado e as duas foram levadas para a delegacia onde, em depoimento, confirmaram o abuso cometido pelo homem. Como não houve flagrante e o suspeito não possui antecedentes criminais, ele não foi preso. A polícia aguarda o resultado do exame de corpo de delito feito na menina para dar prosseguimento às investigações.

Fonte: Terra