Mãe é morta ao apartar briga de filhos; um é usuário de drogas

O filho dela, de apenas 24 anos de idade, segue foragido.

Uma mulher identificada como Joana D'Arc Magalhães Guimarães, de 56 anos, foi morta a golpes de faca ao tentar separar uma briga entre seus dois filhos na cidade de Manaus. De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que investiga o crime, um dos envolvidos na briga, de 24 anos, segue foragido.

O jovem de 24 anos saiu de casa,  ingeriu bebida álcoolica, praticou um roubou e resolveu levar os produtos para casa. A vítima do roubo, que não teve o nome divulgado, foi em busca dos objetos. Ao ficar sabendo do ocorrido, o filho mais novo se revoltou e iniciou briga com o irmão [que segue foragido] , que ficou transtornado e estava em posse de uma faca.

A  mãe  tentou apartar a briga e acabou atingida com vários golpes, não resistiu e morreu. O irmão de joana, José dos Santos, diz que o acusado é usuário de drogas. "Meu sobrinho tem um problema muito sério com droga, ele fuma muito. Como não trabalha, [o sobrinho] costuma roubar e revender esse objeto para conseguir dinheiro. Com essa quantia, ele compra mais drogas", declarou. 

Ainda segundo José, o jovem possui passagem e já ficou preso durante um ano e meio.

Local onde ocorreu o crime
Local onde ocorreu o crime


Fonte: Com informações do G1