Mãe e padrasto são presos após ter agredido e matado menino de 1 ano

Rodrigo Lorran Marins da Silva foi morto no dia 30 de agosto deste ano.

Renata Marins da Silva, 33 anos, e Eduardo Souza da Silva, 36 anos, foram presos na segunda-feira por policiais da 44ª Delegacia de Polícia (Inhaúma) do Rio de Janeiro. Eles são, respectivamente, mãe e padrasto do menino Rodrigo Lorran Marins da Silva, 1 ano e 5 meses, que foi morto no dia 30 de agosto deste ano.

O casal era considerado foragido da Justiça e estava escondido na casa de familiares na Cidade Alta. Conforme a polícia, a mãe e o padrasto levaram a criança para atendimento na Clínica da Família de Vicente de Carvalho alegando que ela teria caído de uma escada da casa. No entanto, o exame de corpo de delito apontou que a causa da morte teria sido um traumatismo abdominal, o que desmentia a versão dada pelos dois.

Além disso, o menino apresentava vários hematomas pelo corpo. Os peritos do Instituto de Criminalista Carlos Éboli (ICCE) também verificaram que no interior da residência da família não havia nenhuma escada.

Fonte: Terra