Mãe tenta trocar filha por drogas em bar e é termina presa; veja

Uma mulher de 37 anos foi detida, suspeita de tentar trocar a filha, um bebê de aproximadamente 2 meses, por drogas

Uma mulher de 37 anos foi detida, suspeita de tentar trocar a filha, um bebê de aproximadamente 2 meses, por drogas. O incidente aconteceu na noite deste domingo (8), no Parque Amazonas, em Goiânia. Ela teria oferecido a criança em um bar onde funciona uma boca de fumo.

Segundo o soldado Tulio César, responsável pela prisão, pessoas que estavam no bar acionaram a PM por meio de denúncia anônima. Os policiais foram até o local indicado, mas a mulher já havia saído. Por volta das 21h, eles a localizaram a duas ruas acima do estabelecimento, com a criança no colo e em visível estado de embriaguez.

A suspeita foi conduzida à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), juntamente com o bebê. Na delegacia, familiares confirmaram que ela seria usuária de drogas e estaria até recebendo ameaças de traficantes

por dívidas.

Situação de risco

Acionado, o Conselho Tutelar passou a acompanhar o caso e deve enviar um relatório ao Juizado da Infância e Juventude sobre a situação de risco na qual criança se encontra. De acordo com conselheira Karine Rodrigues de Almeida, a avó materna ficará temporariamente responsável pela menina.

Segundo a conselheira, a avó materna disse que pretende pedir na Justiça a guarda da criança. Ela já é responsável pelos outros três filhos da suspeita.

Lei

De acordo com o artigo 238 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), é crime "prometer ou efetivar a entrega de filho ou pupilo a terceiro, mediante paga ou recompensa". O caso será repassado à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), onde a suspeita deve ser autuada.

Fonte: G1