Mãe entrega filho que atirou em criança

Adolescente de 16 anos participava de uma briga de gangues; vítima pode ficar paraplégica

A mãe do adolescente de 16 anos que atirou em uma criança de 11 entregou o filho à polícia em Goiânia (GO). O garoto, que participava de uma briga entre gangues rivais, diz que o tiro no menino foi acidental.

A vítima corre o risco de ficar paraplégica. O adolescente vai responder o inquérito em liberdade.



Fonte: R7, www.r7.com