Crime: Mãe finge ser menino no Facebook e leva pedófilo à prisão

Crime: Mãe finge ser menino no Facebook e leva pedófilo à prisão

Jovem de 19 anos tinha conteúdo pornográfico com crianças em casa.

Uma dona de casa de 29 anos, moradora de Piracicaba (SP), se passou pelo filho de 10 anos durante oito horas de conversa pelo bate-papo do Facebook com um rapaz de 19 anos suspeito de aliciar menores pela internet. Enquanto teclava com o rapaz, a mulher e o marido armaram junto com a polícia um plano para identificar o jovem, que foi preso em flagrante na noite desta segunda-feira (17) em frente a um terminal de ônibus. À Polícia Militar, o suspeito de pedofilia disse que mantinha no computador fotos e vídeos pornográficos envolvendo crianças e adolescentes.

?Foram horas de terror. Eu fiquei muito nervosa, mas precisava fazer isso pelo meu filho e por outras crianças que poderiam cair nas mãos dele. O que eu mais quero é que a Justiça seja feita e que ele pague pelo que fez. Por sorte eu impedi que algo de mais grave ocorresse com o meu filho, mas infelizmente outras crianças não tiveram a mesma sorte", disse a mãe.

Conversa na rede social

A dona de casa é mãe de cinco filhos, de 14, 10, 8 e 6 anos, além de um recém-nascido. Ela disse que permite que os dois mais velhos acessem a rede social, mas que tem a senha das contas de ambos no Facebook e que monitora as ações dos filhos na internet. ?O mais velho usa para falar com os amigos, e o pequeno para joguinhos. E era justamente o que ele estava fazendo quando o rapaz puxou conversa", relatou.

No momento em que o suspeito começou a conversar com o menino, foi ele que alertou a mãe. ?Fiquei "alimentando" a conversa para saber onde esse cara queria chegar. Percebi que ele começou com papos ainda mais estranhos, do tipo "o que você faz sozinho", "o que faz no tempo livre", "se gosta de fazer besteirinhas", "qual o tamanho do pênis", entre outros diálogos", relatou.

Nesse meio tempo a dona de casa ligou para o marido. Os dois acionaram a Polícia Militar e foram orientados a levar o computador e as conversas para a delegacia. No local, a mulher -- acompanhada por policiais militares e civis -- continuou conversando com o suspeito pelo Facebook via celular até que ele fosse detido pela Força Tática da Polícia Militar.

A prisão

A mãe do garoto aliciado marcou, como se fosse o menino, um encontro com o rapaz no Terminal Piracicamirim. "Inventei uma história de que estaria com uma mochila. Por alguns instantes achei que ele tinha me descoberto, porque começou a fazer perguntas, mas graças a Deus deu tudo certo. Assim que ele foi preso, confessou a prática e começou a chorar", relatou.

Pelo celular do rapaz, os policiais detectaram a conversa e o prenderam em flagrante. O suspeito disse que tinha mais conteúdo de pedofilia em casa. O delegado Emerson Marinaldo Gardenal decretou a prisão em flagrante por aliciamento e assédio de menor de idade. O caso será apurado agora pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). A delegada titular, Monalisa Fernandes, disse que a investigação tentará identificar outras vítimas do rapaz por meio do conteúdo pornográfico armanezado no computador e no celular dele. Até o final da tarde desta terça-feira (18), o jovem continuava na carceragem do plantão da Polícia Civil de Piracicaba à espera de vaga em uma unidade prisional.


Mãe se passa por menino de 10 anos no Facebook e leva pedófilo à prisão

Mãe se passa por menino de 10 anos no Facebook e leva pedófilo à prisão

Fonte: G1