Mãe suspeita que criança engoliu pedra de crack; pai foi preso

A criança foi atendida em um hospital, ficou algumas horas em observação e depois foi liberada.

Um homem de 66 anos foi preso por volta da meia-noite de sábado (3) em Entre Rios do Oeste, a 118 km de Cascavel. A esposa do taxista chamou a polícia depois de encontrar o filho de dois anos com uma pedra de crack na mão. Desesperada, a mãe imaginou que a criança havia ingerido a droga.

A Polícia Militar fez o atendimento da ocorrência, encaminhou a criança para o hospital e prendeu o pai. A mulher disse à polícia que ele comercializava a droga.

A criança foi atendida em um hospital, ficou algumas horas em observação e depois foi liberada. A mãe recebeu orientações para acompanhar possíveis reações na criança, mas nada aconteceu. ?Com certeza ela não chegou a ingerir, pois aconteceria alguma reação adversa?, informou o delegado de Marechal Cândido Rondon que acompanha o caso, Sérgio Luiz Alves. ?Foi só um susto?, complementou.

De acordo com o delegado, a droga estava na cozinha, no chão, onde ficavam os chapéus do pai da criança e o menino conseguiu alcançar. ?A PM apreendeu uma única pedra de crack que encontrou na casa. A mulher disse que ele se desfez do restante pouco antes da polícia chegar.

Ele vai responder por tráfico?.

Fonte: G1