Mãe tira vida do filho após perceber que ele se parecia com amante

Elena Smocot, de 27 anos, foi presa e condenada, há 18 anos

Uma mãe tirou a vida de seu bebê recém-nascido depois de notar que ele tinha a aparência de seu amante secreto.

Elena Smocot, de 27 anos, foi presa e condenada, há 18 anos de prisão após matar seu bebê recém nascido, depois de perceber que ela era muito diferente de seus outros filhos.

Ela estava em casa com seu filho de quatro anos de idade, um sobrinho de sete ano, e com o bebê durante o ataque.

Elena disse à polícia que logo que notou a semelhança da criança com seu amante, a pegou pelas pernas e a girou no ar a fazendo atingir móveis.

Elena Smocot, de 27 anos, foi presa e condenada, há 18 anos de prisão após matar seu bebê recém nascido (Crédito: Reprodução)
Elena Smocot, de 27 anos, foi presa e condenada, há 18 anos de prisão após matar seu bebê recém nascido (Crédito: Reprodução)


As duas crianças que estava em casa ouviram os gritos do bebê e saíram para chamar os vizinhos.

A mãe ainda usou uma telha quebrada para atacar o bebê, chegando a retirar partes internas da criança.

Elena Smocot, de 27 anos, foi presa e condenada, há 18 anos de prisão após matar seu bebê recém nascido (Crédito: Reprodução)
Elena Smocot, de 27 anos, foi presa e condenada, há 18 anos de prisão após matar seu bebê recém nascido (Crédito: Reprodução)


O incidente aconteceu na casa de Elena. Durante o processo judicial, foi dito que a mulher poderia estar sofrendo de depressão, porque tanto em 2010 quanto em 2012 ela passou por depressão pós-parto.

Elena disse que ninguém sabia que ela tinha um amante. Além de ser presa, a mulher perdeu a guarda dos filhos mais velhos.

Fonte: Com informações do Gadoo