Sequestrador que agia no Piauí é assassinado a tiros no Maranhão

Sebastião Soares da Silva, o "vovô", foi morto no Maranhão.

Na madrugada de sexta-feira, dia 12 de fevereiro, o mais perigoso sequestrador do Nordeste,  identificado por Sebastião Soares da Silva, 63 anos, mais conhecido por “Vovô”, foi  assassinado durante troca de tiros com a polícia, na zona rural de Alto Alegre, no estado do Maranhão.

De acordo com informações da Polícia Militar do Piauí, "Vovô”, que era praticamente especialista no sequestro de crianças, agiu em várias regiões do Piauí. No dia 27 de junho de 2012, ele sequestrou um menino de nome Pedro Paulo Lemes, de 5 anos, em Imperatriz, no MA. Após isso,  veio se esconder em uma localidade  de nome Passagem Funda, no município piauense de Francisco Macêdo, onde chegou a ser preso.

Pedro Paulo Lemes, de 5 anos
Pedro Paulo Lemes, de 5 anos

Na época, foi montada uma verdadeira operação para tentar capturar o criminoso que acabou sendo transferido para Imperatriz, onde permaneceu por alguns meses preso. "Vovô" tinha nada mais nada menos que 200 anos de condenação, por diversos crimes  praticados em difere ntes regiões do Nordeste.

Ele foi preso na companhia de mais dois comparsas, de nomes Carlos Alberto Mesquita dos Santos Sousa, mais conhecido por “Sharon”, e Joaquim Neto Alves Leal. A casa onde os três estavam, segundo a polícia, servia como cativeiro para uma criança filha de um empresário maranhense, que havia sido sequestrada.

Houve troca de tiros com os policiais e "Vovô" acabou atingido pelos disparos, não resistiu e morreu. O corpo foi removido e levado para a capital São Luís. Informações ainda não confirmadas dão conta de que o mesmo será sepultado no Piauí. 

Sebastião Soares da Silva
Sebastião Soares da Silva




Fonte: Portal Meio Norte