Maria procura e mata a tiros suposto estuprador da esposa

O marido matou o homem com tiros nas costa e na cabeça

A Polícia Civil de Buritis (RO) encontrou, na noite de domingo (3), o corpo de um homem de 36 anos dentro da carroceria de um automóvel na Delegacia. A informação é que uma mulher de 24 anos, teria deixado o veículo no local alegando aos policiais que o seu marido tinha assassinado a vítima após o homem ter lhe estuprado e roubado sua roupa íntima.

Segundo consta no Boletim de ocorrência, a mulher, que reside com o marido em Cujubim (RO), teria ido à Buritis, se encontrar com famíliares e quando se delocava na Linha C-14, foi abordade pelo homem que estava com uma arma de foto e a parou e a estuprou.

Após o ocorrido, o marido da mulher acompanhado da esposa e do cunhado começaram a procurar o homem na região onde teria ocorrido o estupro e ao chegarem ao local pararam em uma residência e usaram a desculpa de que queriam comprar uma motocicleta com ele. Com isso conseguiram localizar a residência dele, mas ao chegarem lá não o encontraram de imediato. No entanto, horas depois, conseguiram encontrá-lo caminhando em uma estrada vicinal, próximo ao distrito de Vila União e então começaram uma luta corporal, onde, segundo a mulher, o marido e o cunhado o dominaram conseguindo amarrá-lo na carrorecia do veículo e o levanto até a residência onde morava para tentar encontrar a roupa íntima que ele teria levado. A calcinha da mulher foi encontrada enterrada próxima a casa.

O suposto estuprado ainda teria tentado fugir, mas acabou sendo alvejado pelo marido da mulher nas costas e no lado esquerdo da cabeça.

Segudo a mulher, o marido a teria mandado levar o automóvel com o corpo do suposto estuprador até a delegacia para informar o ocorrido. Uma garrucha calibre 44 foi encontrada dentro do veículos pelos policiais.

A polícia deteve a mulher o irmão dela para prestarem depoimentos, mas em seguida foram liberados. O marido da mulher ainda não foi encontrado pela polícia que está investigando o caso.


Corpo foi levado até a Delegacia da Polícia Civil pela mulher do suspeito de ter assassinado estuprador  (Crédito: Thainá Mariani/Rondônia Vip)
Corpo foi levado até a Delegacia da Polícia Civil pela mulher do suspeito de ter assassinado estuprador (Crédito: Thainá Mariani/Rondônia Vip)


Fonte: G1