Marido mata esposa após ler mensagem no WhatsApp

Mulher mandou mensagem para outro homem pelo celular do marido.

Um economista identificado como Chateaubriand Bandeira Diniz Filho, 51 anos, foi preso acusado de assassinar sua própria, esposa, uma bancária identificada por Mariana Marcondes, 43 anos, em São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu após discussão por ciúmes devido à supostas mensagens no aplicativo WhatsApp.

O advogado do acusado, Alexandre de Sá Domingues, informou que os dois participam de um churrasco no prédio onde moravam quando a mulher mandou uma mensagem para outro homem através do celular do marido. Ao ler a mensagem, ele foi tirar satisfação com ela  e teve início uma discussão. 

Durante desentendimento, o economista utilizou uma faca e desferiu golpes contra a esposa. Os filhos do casal, um menino de 6 anos e uma menina de 9 anos, presenciaram a discussão. O advogado informou ainda que Diniz alegou legítima defesa.

O corpo da bancária só foi achado na tarde de segunda (19) após o irmão dela ligar para a PM. Diniz Filho se apresentou nesta terça, no início da tarde, à Polícia Civil. A Justiça decretou sua prisão temporária à noite.

 Diniz Filho e a esposa Mariana Marcondes (Crédito: Reprodução)
Diniz Filho e a esposa Mariana Marcondes (Crédito: Reprodução)




Fonte: Com informações da Folha de São Paulo