Marido mata mulher a marretadas e liga para família avisando crime

Suspeito de 39 anos ligou para familiares confessando o crime

Uma mulher foi assassinada a marretadas dentro de casa no Jardim Helena, zona leste de São Paulo, no domingo (24). O suspeito do crime é o marido da vítima, que foi preso e confessou o crime. 

De acordo com a Polícia Civil, após cometer o crime, o homem de 39 anos ligou para familiares contando o que havia feito. Posteriormente, acionaram a Polícia Militar por volta das 15h.

A PM chegou ao endereço indicado e prendeu o suspeito em flagrante. No local, foram encontrados o corpo de Gerusa Sousa Percílio, de 45 anos, e a marreta suja de sangue.

O caso foi registrado no 50º Distrito Policial – Itaim Paulista. O homem foi indiciado por homicídio qualificado e transferido para um CDP (Centro de Detenção Provisória).

O corpo da educadora deve ser sepultado nesta terça-feira (26) na zona leste da capital paulista.


Image title

Fonte: Com informações do R7