Marido não gosta do almoço e arranca couro cabeludo de mulher com facão

Preso com base na Lei Maria Penha, ele será indiciado por tentativa de homicídio

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de arrancar com um facão parte do couro cabeludo da mulher, de 64 anos, em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. O motivo da agressão teria sido porque Roberto José Ferreira, de 51 anos, não gostou da comida que ela preparou para ele no almoço.

A mulher ficou internada e chegou a correr risco de morte. O casal está junto há 13 anos e tem uma filha adolescente. Essa não é a primeira vez que a mulher é agredida pelo companheiro.

Ele ficará preso com base na Lei Maria da Penha e será indiciado por tentativa de homicídio.

Clique e Curta Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: R7