'Matei com a mão mesmo', diz acusado de estrangular esposa com fio

Crime ocorreu em José de Freitas, no último dia 23 de março.

No último dia 23 de março, uma mulher identificada como Maria do Carmo Pereira da Rocha, de 35 anos, foi morta pelo próprio marido, o garçom Francisco das Chagas Monteiro, 37 anos.     O crime aconteceu na cidade de José de Freitas, localizada na região da Grande Teresina. 

De acordo com o delegado Hildson Rodrigues, da Delegacia de Homicídios, que investiga o caso, os dois viviam juntos há alguns anos e no dia do crime ela prestou um Boletim de Ocorrência contra Francisco. Horas depois, segundo o delegado, foi encontrada morta. "O acusado utilizou um  fio de um ferro de passar roupas e matou ela estrangulada", disse o delegado.

Após o crime, Monteiro trancou ela em casa e pediu um vizinho para ir deixá-lo no terminal rodoviário José de Araújo Chaves, onde pegou um ônibus para  fugir da cidade. O casal se desentendia quase que diariamente e Maria do Carmo já teria procurado a delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência contra o marido que costumava consumir bebida alcoólica. 

Durante fala com a imprensa, o acusado, que sofreu um acidente de moto recentemente e anda com ajuda de muletas, revelou: "Matei com a mão mesmo e botei um fio no pescoço depois. Quando vi que tinha feito a besteira, eu enlouqueci". 

Local onde aconteceu o crime
Local onde aconteceu o crime



Fonte: Portal Meio Norte