Mecânico acusado de mutilar meninos é condenado a 63 anos de prisão no Maranhão

O mecânico está preso desde 2003. Esse foi o sexto julgamento a que Brito foi submetido

O mecânico Francisco das Chagas Rodrigues de Brito, de 45 anos, acusado de matar e mutilar 42 meninos no Maranhão e no Pará, foi condenado a 63 anos de prisão.

O julgamento, que ocorreu em São José de Ribamar (MA), aconteceu na segunda-feira (17) e foi referente à morte de dois garotos de 10 anos. O crime ocorreu em 1998.

O mecânico está preso desde 2003. Esse foi o sexto julgamento a que Brito foi submetido. No total, as penas dele somam mais de 200 anos. Ele foi julgado pela primeira vez em outubro de 2006.

Fonte: g1, www.g1.com.br