Médica cubana é estuprada dentro de unidade de saúde em PE

Caso aconteceu na segunda (1º), no município de Capoeiras

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou, nesta quarta-feira (3), que já está em andamento a investigação de um caso de estupro a uma médica cubana do programa nacional Mais Médicos. O crime aconteceu na última segunda-feira (1º), na cidade de Capoeiras, localizada no Agreste de Pernambuco. De acordo com o delegado à frente do caso, Flávio Pessoa, a médica registrou dois boletins de ocorrência, um referente a um roubo e o outro de estupro. 

A médica cubana, de identidade ainda não divulgada, estava em seu consultório no momento do crime. Um homem teria entrado na sala da unidade de saúde municipal Gildo Marques, roubado o celular da médica e cometido o estupro em seguida. O caso foi registrado inicialmente na delegacia de Garanhuns, cidade vizinha de onde ocorreu o ato. Procurada, a unidade hospitalar informou que o diretor do local não estaria disponível para conversar com a imprensa.

Na tarde desta quarta-feira, a cubana deverá prestar depoimento e detalhar o que aconteceu. Ainda não há informações oficiais de que a médica realizou os exames sexológicos para confirmar o estupro. A investigação da Polícia Civil será realizada pelo delegado Flávio Pessoa, da delegacia de Capoeiras. Ele informou que não pode dar detalhes do caso para não comprometer a investigação. 



Fonte: Leia Já