Médica que atendeu PM baleado na cabeça faz desabafo emocionante

O policial chegou no hospital com vida, mas não resistiu.

Na noite do último domingo (10), um policial militar identificado como Victor Eric Braga Faria, foi morto e outro ficou ferido na zona Norte do Rio de Janeiro. De acordo com informações, os dois policiais que trabalham na Unidade de Polícia Pacificadora estavam no carro quando o motorista levou um tiro na cabeça, perdeu o controle do veículo e bateu em um poste. Victor chegou a receber atendimento médico no hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois.

Uma médica do Hospital Marcílio Dias, no Lins de Vasconcelos, na Zona Norte, que afirma que, na noite de domingo (10), teria atendido o soldado PM Victor Eric Braga Faria, baleado na cabeça, fez um desabafo emocionado numa rede social. Ela publicou uma selfie com a roupa ainda manchada de sangue do policial.

“Até quando eu vou ter que consolar uma mãe que diz ‘como eu vou viver sem nunca mais ver meu filho?’.Até quando eu vou ter que escutar ‘o filhinho dele de 2 anos é tão apegado com o pai... como vai ser agora?’ Escutar ‘como eu vou aguentar ver meu filho de 24 anos num caixão?’.  Até quando, Meu Deus, até quando????”

O policial foi o 59º de 60 policiais militares mortos este ano no Rio de Janeiro. O soldado foi enterrado na segunda-feira (11) no Cemitério de Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio.

Policial assassinado (Crédito: Reprodução)
Policial assassinado (Crédito: Reprodução)
Médica que atendeu a vítima (Crédito: Reprodução)
Médica que atendeu a vítima (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1