Médico dispara 4 tiros em outro dentro de SAMU e depois se mata

O crime ocorreu dentro do SAMU em Piracicaba-SP

O médico Jorel Bottene, 52 anos, matou o seu colega Deives Dias de Oliveira, 40 anos, dentro da central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), nesta terça-feira (24), em Piracicaba (SP). A vítima morreu no local do crime.

O crime aconteceu na unidade que fica na Avenida Doutor Paulo de Moraes, na região do bairro Paulista. O médico baleado morreu no local. O atirador foi socorrido, mas chegou sem vida ao hospital.

A Secretaria Municipal de Sasúde informou que Jorel Bottene, era clínico geral, e não estava escalado para trabalhar hoje. Ele atirou quatro vezes contra Deives Dias que era coordenador da Central de Vagas do Sistema Únido de Saúde (SUS) de Piracicaba.

Segundo informações ainda da Secretaria, os tiros atingiram Oliveira em uma das pernas, no tórax, no abdômen e na cabeça, Após os disparos no colega, Bottene atirou contra o seu próprio peito. Ele morreu antes de chegar a Santa Casa ao ser levado pelos colegas do SAMU.

Ainda não se tem informações sobre o motivo do crime e só se sabe que o assassino era era subordinado à vítima no serviço.




Fonte: g1