Médico é assassinado durante assalto após deixar plantão no Rio

O médico chegou a entregar o carro e mesmo assim foi morto.

Helder Dias da Costa Tomé Júnior
Helder Dias da Costa Tomé Júnior

Um médico foi assassinado ao deixar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Irajá, zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. A vítima, identificada como Helder Dias da Costa Tomé Júnior, foi vítima de um assalto, chegou a entregar o próprio carro, mas acabou baleado.

De acordo com informações da Polícia Civil, o médico seguia em seu carro e ao reduzir a velocidade para passar por um quebra-molas, acabou surpreendido por dois criminosos armados. Eles anunciaram o assalto e após entregar o veículo, Helder foi baleado, não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Um inquérito será instaurado na Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro  que já iniciou as investigações. Além disso, câmeras de segurança das proximidades do local onde ocorreu o crime serão utilizadas pela polícia. 






Fonte: Com informações do G1