Médico preso por denúncia de abuso sexual

Médico foi preso preventivamente, diz delegado

Um ortopedista foi preso, nesta terça-feira (27), em Cuiabá, suspeito de abusar sexualmente de pelo menos três pacientes. Segundo a polícia, os estupros ocorreram em Colíder (MT). O médico nega o crime.

"Segundo relato de três pessoas, o ortopedista sedava os pacientes e, após o procedimento médico, fazia sexo oral neles. Como os pacientes não conseguiam oferecer resistência, ele deve responder por estupro de vulnerável", diz o delegado Sérgio Ribeiro Araújo, responsável pelas investigações.

As vítimas, segundo Araújo, são homens adultos, brancos e de olhos claros. O médico está preso preventivamente, por tempo indeterminado.

Fonte: g1, www.g1.com.br