Médico é preso suspeito de furtar R$ 170 de carteira de paciente durante consulta

A carteira foi encontrada sem o dinheiro próxima a uma área restrita apenas a funcionários

Um médico foi preso dentro do hospital em que trabalha em Jundiaí, a 58 km de São Paulo, por suspeita de furtar a carteira de um paciente dentro do consultório. A carteira do ajudante Cristian Caetano da Silva foi encontrada próxima a uma área restrita do hospital, sem os R$ 170 que estavam nela anteriormente.

O ajudante foi nesta semana até o hospital porque estava com dores nas costas. ?Ele foi me apalpando, pegou nas pernas, na área onde guardo a carteira, chegou até a empurrar para cima. Mas jamais ia imagina que ele ia me roubar?, disse Silva.

A Polícia Militar foi acionada, e encontrou a carteira sem o dinheiro próxima a uma área restrita apenas a funcionários. Após o depoimento da vítima, o médico de 65 anos foi preso.

?Há indícios de que ele teria se apossado da carteira do paciente?, disse o delegado Ari Carlos de Barros Júnior.

O médico pagou fiança de R$ 10 mil e deixou a delegacia cercado por advogados. Ele não comentou o assunto. ?Um médico roubar um ajudante geral. Parece até história de cinema, filme, de novela?, disse Silva.

O médico já tinha três passagens pela polícia. Em 2005, segundo policiais, ele foi pego tentando furtar um eletrodoméstico em um supermercado.

Fonte: g1, www.g1.com.br