Caso Fernanda: Vigias podem ser presos, diz James

Caso Fernanda: Vigias podem ser presos, diz James

Segundo James Guerra, os objetivos da investigação são explicar e fundamentar o que aconteceu

Em entrevista ao Programa Agora na Rede Meio Norte nesta segunda-feira(03), o delegado geral James Guerra falou sobre o empenho do Ministério Público e da polícia nas investigações do caso Fernanda Lages. Em resposta aos questionamentos dos telespectadores sobre a desconfiança da população, James tranquilizou a todos e disse: " Após a morte de Fernanda, pedimos nomeação de um promotor para acompanhar o caso, solicitamos presença do Ministério Público nas investigações, pedimos o apoio da Polícia Federal, coletamos o material genético e encaminhamos para a perícia. Tudo o que se poderia e o que se pode fazer, estamos fazendo", afirmou ele.

Segundo James Guerra, os objetivos da investigação são explicar e fundamentar o que aconteceu. " Nós estamos cercados de um cuidado muito grande e estamos sendo questionados e a instituição está sendo cobrada", acrescentou.

O delegado revelou no final da entrevista que se houver necessidade de uma medida cautelar, a prisão dos vigias poderá ser executada pela polícia. " Essa medida cautelar implica na prisão, principalmente se o material coletado no local, não ser equivalente com as possibilidades trabalhadas na investigação. Não é uma hipótese descartada o envolvimento no crime de alguém que trabalha na obra", finalizou.

FOTO: MAURÍCIO POKEMON



Fonte: Marcos Moraes