Megaoperação da Polícia Federal busca 139 acusados de golpes em clientes de banco

Segundo a PF, as investigações começaram há cerca de um ano

A Polícia Federal procura uma quadrilha suspeita de envolvimento em casos de clonagem de cartões de crédito, cheques e desvio de dinheiro de contas bancárias por meio da internet. Nesta quinta-feira (28), 691 policiais federais participam da Operação Trilha e devem cumprir 139 mandados de prisão e 136 de busca e apreensão.

A ação ocorre em 12 estados (Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rondônia, São Paulo, Tocantins e Goiás) e no Distrito Federal.

Segundo a PF, as investigações começaram há cerca de um ano. O grupo usaria programas enviados por falsas mensagem eletrônicas para capturar senhas bancárias de correntistas de vários bancos. Eles também são suspeitos de instalar câmeras em terminais para filmar a senha dos clientes e outro dispositivo que clonar cartões.

Com as informações obtidas, ainda de acordo com a polícia, a quadrilha realiza transferências para a conta de "laranjas", compravam produtos pela internet e realizavam pagamentos de boletos bancários.

Se comprovada a culpa, os presos podem responder por formação de quadrilha, furto qualificado mediante fraude, tentativa de furto e estelionato.

Fonte: g1, www.g1.com.br