Menina de 13 anos tem 70% do corpo queimado após ser estuprada

70% do corpo atingido por fogo ocasionado pelo agressor

Uma menina de 13 anos foi vítima de estupro dentro de casa, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Depois do abuso, a vítima ainda teve cerca de 70% do corpo atingido por fogo ocasionado pelo agressor, que tentou queimá-la viva.

A adolescente está internada. Além das queimaduras de segundo grau, a menina também apresenta várias perfurações, causadas por um objeto perfuro-cortante ainda não definido. No momento do ataque, a jovem estava sozinha na residência em que vive com os pais. A polícia acredita que ela pode ter sido abordada quando saía de casa para ir à escola.

A vítima foi socorrida por vizinhos, que ouviram os gritos vindos de dentro da casa. Como encontra-se hospitalizada, ela ainda não foi ouvida na delegacia.

A família foi acionada quando a menina já estava na unidade de saúde e, segundo um parente que fez o registro de ocorrência, não tem pistas sobre quem possa ter cometido o crime.



Fonte: Com informações do Jornal Extra