Menina de dois anos morre após ser espancada por mãe e padrasto

Criança apresentou lesões graves pelo corpo e estava vomitando

Um casal foi preso suspeito de envolvimento na morte de uma criança de dois anos, no sul do Espírito Santo. Os suspeitos eram mãe e padrasto da menina.

A criança, identificada como Kessily Vieira Silva, teria sido vítima de maus tratos até a morte. A mãe da vítima, Deidiane Oliveira Vieira, de 26 anos, e o atual companheiro, Paulo Nathan dos Santos Escramozino, de 20, foram presos em flagrante.

A menina apresentou lesões graves pelo corpo e estava vomitando sangue pouco antes de morrer. O hospital acionou o Conselho Tutelar, que acompanhou todo o caso. Além dos hematomas, ela apresentava marcas de mordida no pescoço. Ao ser questionada pela conselheira, Deidiane contou que ela tinha sido mordida por outra criança, mas a marca era de uma mordida adulta.

Kessily chegou a dar entrada no Hospital São Francisco de Assis, mas não resistiu e morreu. A Polícia Civil do município informou que as investigações do caso continuam

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7