Menina denuncia padrasto por estupro e é morta dias depois

Menina denuncia padrasto por estupro e é morta dias depois

O suspeito é o vizinho, de 15 anos, que está foragido.

Uma menina de 12 anos foi morta após denunciar o padrasto de estupro, em Vila Velha, no Espírito Santo. O homem foi preso, mas antes de ser levado, ameaçou a garota de morte.

Dias depois, a jovem apareceu morta. O suspeito é o vizinho, de 15 anos, que está foragido.

Depois de ir à polícia, a vítima passou a morar com o pai. Ela morreu com um tiro na nuca. As primeiras informações é que ela e o menino brincavam de roleta-russa, mas o responsável pela jovem diz acreditar que a morte esteja relacionada com a denúncia feita pela menina.

A garota morreu no mesmo dia em que foi matriculada na escola.

Fonte: r7