Menina é baleada em briga de mãe e padrasto

Após atirar, Jesus tentou fugir pedindo carona, mas foi preso na entrada da UFSCar

Uma menina de cinco anos foi atingida por um tiro na perna durante discussão ocorrida entre a mãe e o padrasto. O caso foi registrado ontem de manhã em São Carlos (232 km de São Paulo). O padrasto tentou fugir, mas foi preso e a menina não corre risco de morte.

Segundo a Polícia Civil, Eliezeu Luís de Jesus, 26, e a mulher cujo o nome não foi divulgado, haviam terminado o relacionamento no sábado de noite, quando ela resolveu sair de casa.

Ontem, quando mãe e filha caminhavam por uma rua do bairro São Carlos 8, foram vistas por Jesus que, segundo a polícia, estava bebendo em um bar. A polícia diz que ele sacou a arma e atirou uma vez -o disparo atingiu a perna da menina. Ela foi levada para a Santa Casa.

Após atirar, Jesus tentou fugir pedindo carona, mas foi preso na entrada da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). A arma do crime foi encontrada no bar.

De acordo com o delegado Edmundo Ferreira Gomes, o autor do disparo tinha o costume de atirar dentro de casa. "Os vizinhos e até mesmo a mãe da menina disseram que ele atirava direto dentro de casa. A perícia esteve na casa dele e localizou vários pontos que indicam os disparos", disse.

Segundo Gomes, a mãe da menina disse que as discussões estavam frequentes e por isso ela tinha resolvido sair de casa no sábado e ir morar com um tio.

Jesus responderá por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma e pode pegar até quatro anos de prisão. A Folha não conseguiu ouvir o acusado ou seu advogado.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br