Menina estuprada pelo próprio pai sofreu outros abusos, diz polícia

Menina estuprada pelo próprio pai sofreu outros abusos, diz polícia

Garota de 14 anos engravidou do próprio pai em Itariri, no interior de SP.

A adolescente de 14 anos que foi estuprada pelo próprio pai e pelo padrasto e acabou engravidando do pai, já havia sido abusada algumas outras vezes, em outras situações. A informação foi passada pelo delegado responsável pelo caso, Fernando Biazzus Rodrigues, que explicou que as investigações apontam que antes da garota ser abusada pelos familiares, ela já havia sido vítima de crimes sexuais praticados por outras pessoas.

Segundo Biazzus, a história da garota é muito mais complexa do que parecia no início. "Continuamos ouvindo as pessoas e juntando os depoimentos. Chegamos a conclusão que, antes mesmo de ser estuprada pelo pai e pelo padrasto, a menina já havia sofrido outras violências sexuais. Ainda estamos analisando essas informações", explica.

Apesar dos abusos, a adolescente, que está grávida do próprio pai, nunca comentou nada com o restante da família. Mesmo com a situação, a mãe da garota, que preferiu não se identificar, afirma que a filha não pretende abortar o bebê gerado pelo ato incestuoso. ?Ela não parece estar traumatizada. Está brincando normalmente com os irmãos e diz querer continuar indo para a escola. Ela até prefere que a criança seja uma menina, para lhe fazer companhia?, relata a mãe da vítima.

O caso

A polícia de Itariri prendeu na sexta-feira (18) dois homens suspeitos de estuprarem a adolescente. Um é o pai e o outro o padrasto da garota. A mãe desconfiou da gravidez quando a menina começou a vomitar. A garota conversou com uma assistente social e revelou que estava sendo abusada pelo próprio pai, que tem 60 anos. A menina disse ainda que era estuprada desde os 11 anos pelo padrasto. Quando o pai ficou sabendo do fato, resolveu levar a filha para morar com ele e começou a abusar dela também. Os dois foram presos.

Fonte: G1