Menino de 1 ano morto pela mãe já havia sido agredido por ela antes

Casal vai responder pelo crime de homicídio qualificado

A mulher acusada de participar da morte do filho de 1 ano e 10 meses, juntamente com o namorado, na madrugada desta terça-feira, já havia agredido a criança outras vezes. É o apontam as investigações da Polícia Civil. Thamires da Silva Ferreira, mãe da criança, e Gabriel da Silva Pereira, seu namorado, ambos de 18 anos, estão presos na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Image title

— Segundo familiares da mãe, a vontade de tirar a vida da criança era anterior, ela já tinha comentado que não tinha interesse de permanecer com a criança, e que o próprio pai do menino não tinha condições de criar — afirmou o delegado Leandro Costa, da DHBF.

O delegado contou que eles iam para a casa de uma tia de Gabriel, namorado de Thamires, mas não queriam levar o filho dela, Miguel da Silva dos Santos, de 1 ano e 10 meses. Decidiram, então, abandonar o menino.

Ao encontrarem o local onde o menino foi deixado, familiares acionaram policias militares do 20º BPM (Mesquita) que faziam patrulhamento na Via Light. Eles tentaram socorro na UPA de Cabuís, mas disseram que a unidade estava fechada. Seguiram para o Posto de Saúde de Nova Cidade, mas o menino já estava morto.

O caso foi registrado inicialmente na 57ª DP (Nilópolis) e encaminhado para a DHBF. Gabriel foi preso em casa. Na delegacia, o casal confessou o crime. Thamires e Gabriel vão responder pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe e asfixia.

Fonte: Com informações do Jornal Extra