Menino de 12 anos é morto por amigo com a arma do pai

O pai do menino que levou o tiro tentou se livrar da arma e o escondeu no quintal da casa.

Um menino de 12 anos morreu com um tiro na cabeça, em Botucatu, interior de São Paulo, quando brincava com outros três adolescentes com uma arma na casa do pai. Eles jogavam videogame quando acharam um revólver calibre 38, tiraram a munição e começaram a fingir que disparavam.

Na quarta vez, o tiro acertou a cabeça do menino de 12 anos. O autor do tiro é um adolescente de 16 anos.

Quando ficou sabendo do disparo, o pai do menino que levou o tiro tentou se livrar da arma e o escondeu no quintal da casa. A numeração estava raspada.

Segundo o delegado Marcelo Lanhoso, que acompanhou o caso, o pai do menino é o dono da arma. O adolescente que atirou será encaminhado à vara da infância e juventude.

Para o capitão da Polícia Militar, a morte foi uma irresponsabilidade em manter arma de fogo em casa. O pai da vítima foi preso em flagrante e vai responder por porte ilegal de arma de fogo.

Fonte: g1, www.g1.com.br