Menino morto espancado pelo pai foi agredido o dia todo,diz polícia

O garoto foi morto porque deu trabalho para comer.

O homem acusado pela polícia de matar o próprio filho por espancamento em Peruíbe, no litoral de São Paulo, afirmou em depoimento que bateu em Rafael, de cinco anos, durante toda a manhã e também durante toda a noite.

Felipe de Jesus Soares Araújo, de 32 anos, agrediu o garoto e afirmou que a motivação foi porque ele deu trabalho para comer. O crime aconteceu no dia 15 de julho e o acusado se entregou para a polícia nesta segunda-feira.

No seu depoimento, Felipe afirmou que deu socos e chutes em Rafael durante o fim da manhã e novamente no começo da noite, ainda no mesmo dia. A mãe do menino também será ouvida pelos investigadores responsáveis pelo caso. Além disso, ela também será indiciada, o que já foi determinado pelas autoridades policiais, por omissão.

Acusado se entregou nesta segunda (Crédito: Reprodução)
Acusado se entregou nesta segunda (Crédito: Reprodução)
Menino foi morto por espancamento (Crédito: Reprodução)
Menino foi morto por espancamento (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1