Menor acusado de assassinar advogado pode ser solto em até 13 dias

Menor acusado de assassinar advogado pode ser solto em até 13 dias

Pelas redes sociais a esposa de Francelino mostrou toda a dor

O menor, acusado de matar o advogado Francelino Lima, 38, se não for julgado, estará solto em até 13 dias. Ele já está apreendido há mais de um mês em um complexo provisório de internação.

Pelas redes sociais a esposa de Francelino mostrou toda a dor que a maldade pode provocar em familiares de pessoas assassinadas, vítimas crueldade.

O último dia 23 de junho, segunda-feira, fez um mês do crime que tirou a vida de Francelino, assassinado durante uma tentativa de assalto quando ele olhava uma casa para alugar no bairro Santa Isabel, zona Leste de Teresina.

Ele estava com a mulher e um corretor de imóveis quando o motoqueiro se aproximou e anunciou o assalto. As vítimas travaram o portão da residência e o motoqueiro efetuou o disparo. A bala atingiu Francelino, que teve morte imediata.

Francelino era natural de Fortaleza, no Ceará, e chegou a ser procurador no município de Floriano. Após buscas a polícia apreendeu o menor acusado pelo crime. O que vem pela frente preocupa: o menor se encontra em um complexo provisório de internação aguardando julgamento há mais de 30 dias, enquanto o prazo é de 45 dias, ou seja, ele pode ser solto nos próximos 13 dias se seu julgamento não acontecer. Ele ficar com a família outra vez, ou melhor, estará em liberdade novamente.

Fonte: Denison Duarte