Menor acusado de matar padre é assassinado no DF

Os investigadores da morte do rapaz trabalham com as hipóteses de acerto de contas

O corpo do adolescente de 17 anos foi encontrado nesta segunda-feira (22) no setor Assentamento, em Brazlândia, cidade próxima a Brasília. Ele era um dos quatro suspeitos de ter participado do assassinato do padre Gisley Azevedo Gomes na semana passada. O rapaz levou três tiros. De acordo com a polícia, no último sábado (20) a vítima recebeu um telefonema e foi a um encontro, de onde não retornou.

O jovem era o único menor supostamente envolvido na morte do padre e foi então encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente, diferente dos outros três, que foram presos. Segundo a polícia, o depoimento dele teria ajudado a desvendar o crime.

Os investigadores da morte do rapaz trabalham com as hipóteses de acerto de contas ou queima de arquivo, já que ele ajudou a esclarecer o crime do padre. Isso porque ele teria pegado a arma que matou o padre sem pagar o fornecedor. ?Temos alguns suspeitos que nós estamos investigando e esperamos o mais rápido possível trazer uma resposta à sociedade a respeito desse delito?, afirma o delegado Rogério Alencar.

Fonte: g1, www.g1.com.br