Menor cidade de São Paulo sofre 1º furto a banco

Foi o primeiro furto à única agência bancária local, inaugurada há 30 anos.

Nem o menor município do estado está livre do crime. Em Borá, a 487 km de São Paulo, a polícia procura pelos ladrões que furtaram o único banco da cidade. Os criminosos invadiram o local na madrugada de terça-feira (27) e fugiram com folhas de cheque.

Na cidade, que tem 804 habitantes de acordo com dados de 2007 do IBGE, não se fala em outra coisa. Foi o primeiro furto à única agência bancária local, inaugurada há 30 anos. Nos últimos três anos, apenas sete pequenas ocorrências foram registradas pela polícia de Borá.

Os ladrões arrancaram parte das telhas e cortaram os fios do alarme. Depois, arrombaram as fechaduras para entrar no prédio. Tudo em silêncio, sem quebrar nenhuma das portas de vidro.

Assim que o alarme foi cortado, a empresa de segurança foi acionada e tentou ligar para a Polícia Militar. Mas os suspeitos já sabiam que isso iria acontecer, e se precaveram. Antes de entrar na agência, eles tiveram o cuidado de cortar os cabos de telefone da base policial.

Além disso, os ladrões também teriam esvaziado um dos pneus da viatura. Apesar de todo o planejamento, eles não levaram o que seria o principal alvo, o dinheiro.

Como não conseguiram abrir os cofres, eles fugiram levando cerca de cem talões de cheques, além da arma e do colete à prova de balas do vigia, que estavam guardados dentro da agência.

Fonte: g1, www.g1.com.br