Menor é baleado com um tiro de espingarda após ser vítima de emboscada

Para ele, o disparo foi efetuado por pura maldade.

Os pais do menor de iniciais D.F.C.A., de 17 anos, procuraram a delegacia do município de Altos na última terça-feira (27/01) para denunciar que seu filho teria sido baleado com um tiro de carabina de pressão na região da coxa. De acordo com o senhor Antonio Francisco de Andrade, pai do adolescente, o crime aconteceu nas proximidades de um bar na Localidade Malhada das Pedras, zona rural de Altos.

“O chumbo ficou alojado na coxa do garoto e ele sentia muitas dores, então ficamos preocupados e resolvemos procurar um médico para pedir ajuda”, explicou seu Francisco.

Para ele, o disparo foi efetuado por pura maldade. “O menino estava próximo de um bar. De repente, um rapaz que também mora região, pediu pra ele correr, aí atirou quando o garoto já estava de costas”, explicou.

O acusado ainda não foi identificado, mas deverá ser localizado e indiciado para prestar esclarecimentos no 14º Distrito Policial.

Segundo o Estatuto do Desarmamento, as carabinas de pressão não são consideradas armas de fogo, mas o autor do disparo poderá ser responsabilizado pelo crime de lesão corporal.

Fonte: Portalaltos