Menor explica o porquê de disparar tiro em alcoólatra no bairro Vermelha

Menor explica o porquê de disparar tiro em alcoólatra no bairro Vermelha

O disparo foi efetuado nesta quinta-feira, 17.

O menor, de 16 anos, acusado de dar um tiro nas costas de um alcoólatra conhecido por Edmilson Moreira dos Santos, no cruzamento da avenida Nações Unidas com a rua João Cabral, no bairro Vermelha, zona sul de Teresina, faz um desabafo à Rede Meio Norte e explica o porquê de ter disparado o tiro. O disparo foi efetuado nesta quinta-feira, 17.

?Ele ficava só dizendo coisa para a minha mãe e meu pai e eu ficava apanhando de graça. A arma eu joguei no rio. A arma eu comprei no troca-troca por R$ 800,00 na mão de um moreno de cabelo moicano. Eu estudo e sou matriculado.

Ele fica falando de mim só porque eu sou pequeno. Eles ficam falando que eu sou gaiato só porque o meu irmão é mala, mas eu não tenho nada a ver com ele. Ele me vê pequeno assim, mas todo mundo é homem também.

Eu comprei porque ele vivia provocando minha mãe e meu pai há mais de dois anos?

De acordo com o coronel Alberto, da Polícia Militar, a combinação arma e menoridade representa uma combinação extremamente explosiva. "A droga tem um potencial muito forte atrelada à menoridade. Ele mostra que é extremamente violento querendo fazer justiça da forma dele. Armas de fogo, drogas e menor, formam uma combinação extremamente explosiva."

Fonte: Denison Duarte