Menor que foi preso por populares em poste e espancado é flagrado em um novo roubo no Rio

Menor que foi preso por populares em poste e espancado é flagrado em um novo roubo no Rio

O adolescente de 15 anos alvo de justiceiros no mês passado foi detido por policiais militares após roubar um turista em Copacabana

O adolescente de 15 anos que foi amarrado a um poste depois de ter sido espancado foi flagrado praticando roubos na zona sul no dia seguinte à sua saída do abrigo onde vivia temporariamente, noticiou ontem com exclusividade a rádio BandNews FM. Na quarta-feira, ele foi levado à Delegacia Especial de apoio ao Turista (DEAT) após ter sido preso por policiais militares ao tentar roubar um turista em Copacabana.

De acordo com o delegado Alexandre Braga, titular da DEAT, o menor foi conduzido em seguida à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

No dia 31 de janeiro, na avenida Rui Barbosa, no Flamengo, o adolescente foi preso a um poste por um grupo de justiceiros, que chegou ao local em motocicletas ? um dos agressores estaria com uma pistola, na versão do jovem. O menor, que tem três passagens na polícia por roubo e furto, foi levado com lesões corporais para o hospital Souza Aguiar, no Centro, mas acabou fugindo da unidade. Na ocasião, fotos suas postadas em uma rede social causaram indignação. O jovem ficou preso a um poste com uma corrente de bicicleta. Na semana seguinte, ele foi até um abrigo municipal no Centro espontaneamente.

Força-tarefa

A ação conjunta entre a Prefeitura do Rio e a Polícia Militar para coibir pequenos delitos na cidade registrou um aumento no número de moradores de rua recolhidos no Flamengo, Largo do Machado, Catete e Botafogo nos dois primeiros dias de atuação da força-tarefa.

No primeiro dia de ações, oito adultos e cinco adolescentes seguiram para a rede acolhedora do município. Já no segundo dia de trabalhos, 16 adultos e dois adolescentes foram acolhidos. Também foram apreendidos pela PM facas, pedras de crack, papelotes de cocaína e frascos com tíner. No programa, iniciado na terça, 250 pessoas trabalham durante as 24 horas do dia.O adolescente de 15 anos que foi amarrado a um poste depois de ter sido espancado foi flagrado praticando roubos na zona sul no dia seguinte à sua saída do abrigo onde vivia temporariamente, noticiou ontem com exclusividade a rádio BandNews FM. Na quarta-feira, ele foi levado à Delegacia Especial de apoio ao Turista (DEAT) após ter sido preso por policiais militares ao tentar roubar um turista em Copacabana.

De acordo com o delegado Alexandre Braga, titular da DEAT, o menor foi conduzido em seguida à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

No dia 31 de janeiro, na avenida Rui Barbosa, no Flamengo, o adolescente foi preso a um poste por um grupo de justiceiros, que chegou ao local em motocicletas ? um dos agressores estaria com uma pistola, na versão do jovem. O menor, que tem três passagens na polícia por roubo e furto, foi levado com lesões corporais para o hospital Souza Aguiar, no Centro, mas acabou fugindo da unidade. Na ocasião, fotos suas postadas em uma rede social causaram indignação. O jovem ficou preso a um poste com uma corrente de bicicleta. Na semana seguinte, ele foi até um abrigo municipal no Centro espontaneamente.

Fonte: UOL